Veja como podemos lhe ajudar:

Mapeamento, Implantação e Validação do e-Social

Preparar a empresa para a  transmissão correta das informações com segurança e qualidade, em confronto das informações apresentadas nos diversos eventos da obrigação prevista pelo Governo Federal denominado e-Social

Preparando para o e-Social

O que a empresa deve fazer para se preparar para o e-Social? Pessoal • Investir em capital humano através de treinamento dos setores responsáveis (RH, DP, SESMT, etc.). Nossa equipe irá treinar todos os envolvidos no e-social, quer seja Gestores, assistentes, e disponibilizando para o mesmo um Manual prático para o e-Social Processos funcionais • Rotinas atuais (os processos internos devem estar de acordo com as legislações trabalhistas e tributárias); • Todas as empresas devem corrigir desde já eventuais descumprimentos à legislação trabalhista e previdenciária; • Definição da matriz de responsabilidade – Criar comitê Gestor . Nossa equipe irá analisar e realizar todo o processo interno da empresa, validando, ou se necessário solicitando os respectivos ajustes para que possa atende a nova demanda do e-Social Tecnologia da Informação • Melhoria ou alteração de plataforma; • Qualidade de dados gerados e validação antecipada dos dados; • Parametrizações. Nossa equipe juntamente com a área de TI da empresa irá analisar todos os GAP de sistema, sugerindo soluções e Plano de Ação para cumprimento da demanda da aplicação das Leis. Portanto em cada fase do Projeto, para que a empresa possa ficar mais tranquila tendo certeza que a qualidade das informações trabalhistas e previdenciárias possa fluir com maior velocidade. • A gestão de pessoas das empresas será a maior impactada com o projeto, principalmente a área de administração de pessoal, que precisará adaptar sua rotina para atender às exigências do e-Social. 

Nossa proposta consiste em:

 Orientar os Líderes e Gestores sobre as regras do projeto do Governo Federal denominado e- Social. Verificar as rotinas diárias e mensais aplicadas por eles na gestão de equipes, conhecer todas as obrigações oriundas deste projeto.

Levantamento através da Auditoria Trabalhista e Previdenciária identificando prováveis passivos trabalhistas e orientando a empresa através de um Plano de Ação para sanar as prováveis irregularidades.

Analisaremos as informações que serão prestadas no e-Social referente às áreas de segurança e saúde no trabalho (SST), realizando um levantamento técnico dos riscos ocupacionais (inclusive os impactos de agentes psicossociais no trabalho), dados referentes a saúde ocupacional.

Integração e validação dos procedimentos internos de diversas áreas tais como RH, Tecnologia da Informação (TI), Jurídico.

Fases do Projeto:

1ª. Fase – Análise Ambiental

Dentro do nosso plano de ação constam entrevistas com gestores envolvidos com a finalidade

de detectarmos inconsistências e alinharmos as mesmas em conformidade com os eventos

previstos no e-Social.

2ª. Fase – Qualificação e Saneamento das Informações Cadastrais

 Validação das informações cadastrais do Empregador em todos seus campos, e validação e

consistência dos dados dos colaboradores com base no CNIS, evitando recusa no recebimento dos eventos de cadastramento inicial dos vínculos

 Validação das Tabelas de Rubricas: Em conformidade com a legislação, efetuando um DE X

PARA. A validação desta tabela será utilizada no evento de remuneração dos colaboradores.

 Validação das Tabelas de Lotações: As informações consolidadas desta tabela serão utilizadas para validação de outros eventos do e-Social

 Validação da Tabela de Cargos: As informações consolidadas na tabela de cargos do

empregados será utilizada para validação de diversos eventos do e-Social, entre os quais os

eventos de cadastramento inicial, admissão, alteração de dados contratuais, etc..

 Validação da Tabela de Funções: As informações consolidadas desta tabela serão utilizadas

para validação de outros eventos da e-Social

 Validação da Tabela de Horários / Turnos de Trabalho: Tabela utilizada para inclusão,

alteração e exclusão de registro.

Validação da Tabela de Estabelecimentos: Validação de informações de FPAS/ Terceiros,

RAT, FAP, para os estabelecimentos, além de informações relativas ao CNAE preponderante. As informações prestadas serão utilizadas na apuração das contribuições incidentes sobre as remunerações dos trabalhadores dos referidos estabelecimento.

 Validação da Tabela de Processos: As informações consolidadas desta tabela serão utilizadas para validação de outros eventos do e-Social. Tabela relativa a processos (administrativos e judiciais)

3ª. Fase – Mapeamento dos Processos e Redesenho

Verificar junto a empresa os meios de comunicações utilizados, quais são adequados ao e-

Social, quais terão que ser redesenhado para atender os diversos eventos constantes no e-

Social

4ª. Fase – Implantação – Operação Assistida

Efetuar em ambiente de testes o envio de todo o processo de cadastramento inicial, de tabelas,

qualificações, eventos diários, semanais e mensais, abertura e fechamento da folha, validação e consistindo com o banco de dados do Governo.

Consultoria Pós Implantação do e-Social:

Consultoria de implantação, pelo prazo de 3 meses, contados após a entrega dos trabalhos, sendo no 1º. Mês, 24 horas presenciais;

Esta consultoria contempla o esclarecimento de dúvidas, bem como eventuais ajustes decorrentes de necessidade legal;

Nos meses subsequentes (2º.e 3º.), consultoria remota, via skype, ou telefone;

Findo o prazo estabelecido e de acordo com as necessidades das empresas, daremos suporte e consultoria completa para questões relativas à área Trabalhista e Previdenciária, Gerenciamento de dados do e-Social.

Auditoria Trabalhista e Previdenciaria On Line

Através de um moderno sistema On Line, desenvolvemos um Check List para Auditoria Trabalhista  e Previdenciária, contendo demais áreas pertinentes a RH como Segurança e Medicina do Trabalho, e, através de uma pequena Mensalidade a empresa através de seu departamento especifico pode acompanhar, emitir relatório, criar comitê para compartilhar as informações auditadas, bem como criar plano de ações contendo prazos e os ajustes que devam ser executados pelas áreas auditadas, tudo acompanhado On Line, e um moderno sistema de comunicação On Line, no próprio sistema.

Conhecendo um pouco sobre a grande importância da Auditoria Trabalhista e Previdenciária

A auditoria constitui importante ferramenta para a autofiscalização, e fará uma de pré-fiscalização no cumprimento das obrigações trabalhistas e previdenciárias, com objetivo de verificar se as rotinas estão em conformidade com as normas e legislação vigente, visando solucionar problemas ou preveni-los, a fim de evitar desde demandas judiciais e infrações, até divergências comportamentais na empresa.

. A partir de um exame da real situação da relação Empresa x Empregado, por meio de análise criteriosa na área de Recursos Humanos, a fim de se verificar o cumprimento da legislação, as formas de vínculos trabalhistas existentes e os procedimentos adotados, chega-se ao autoconhecimento do complexo Trabalhista.

A Auditoria deve ser realizada com certa regularidade, – no mínimo uma vez ao ano – Por auditores independentes, ou realizada internamente de 06 (Seis) em o6 (Seis) meses pelo setor de Controladoria, contribuindo para melhorar as relações entre empresa e empregados, já que vários problemas nessa relação poderão ser solucionados e muitas reclamações trabalhistas poderão ser evitadas com essas rotinas.

A auditoria trabalhista é de grande importância, pois entra reduzindo os riscos de multas, autuações e também de erros e fraudes nessas áreas.

A auditoria examina as operações trabalhistas, os direitos e deveres dos empregados e dos empregadores. Emite parecer com as possíveis irregularidades e identifica caminhos para a melhoria da situação atual. É uma forma de prevenção e de redução de Custos e Riscos na Área Trabalhista.

Os trabalhos a serem realizados nessa área são vários e complexos, devido as normas que regulam as relações de trabalho serem muitas e complexas. O trabalho é realizado nos procedimentos internos, face à legislação trabalhista e previdenciária, desde a admissão do empregado até o seu desligamento. Contempla, dentre outros, os cálculos da folha de folha de pagamento, verificação de horário e jornada de trabalho, concessão de férias, cálculos e recolhimentos do FGTS, INSS, do Seguro de Acidentes do Trabalho, do IRRF e revisão das rescisões de contratos de trabalhos. Engloba ainda, a identificação e a correção de procedimentos vulneráveis, com direcionamento a métodos seguros e de bons resultados e minimiza o risco de eventuais autuações por parte das autoridades fiscalizadoras do trabalho, da previdência social e de reclamações trabalhistas.

Objetivos da Auditoria Trabalhista

  • Revisar todos os procedimentos e documentos legais exigidos pelo Ministério do Trabalho, Receita Federal; INSS e Caixa Econômica Federal ;
  • Revisar e orientar os procedimentos de controles internos, relacionados a todas as rotinas do departamento pessoal;
  • Através das revisões, criar e orientar procedimentos, visando a minimização de riscos de multas e autuações do Ministério do Trabalho e outros órgãos competentes.

Potenciais Benefícios da Auditoria Trabalhista

  • Minimização de riscos de multas;
  • Minimização de reclamatórias trabalhistas;
  • Evita furtos, desvios , pagamentos indevidos e outras irregularidades;
  • Diminuição de erros e prejuízos das rotinas auditadas;
  • Prevenção e melhoria da atividade de administração dos funcionários da empresa.
Entendendo o e-Social

É um projeto do Governo Federal, que faz parte do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Seu objetivo é formalizar em meio digital as informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais relativas a todos os empregados, empregadores, contribuintes individuais e também referentes às contratações de serviços no território brasileiro. Foi instituído através de um Ato Declaratório no. 5 publicado no Diário Oficial em 18.07.2013

Em 11.12.2014 foi assinado o decreto nº 8.373 da presidente Dilma Rousseff, o qual foi publicado no D.O.U – Diário Oficial da União no dia 12.12.2014, onde foi instituído o  instituído o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas – eSocial.

O mesmo rege pelos seguintes princípios:

Art. 3º O eSocial rege-se pelos seguintes princípios:

I – viabilizar a garantia de direitos previdenciários e trabalhistas;

II – racionalizar e simplificar o cumprimento de obrigações;

III – eliminar a redundância nas informações prestadas pelas pessoas físicas e jurídicas;

IV – aprimorar a qualidade de informações das relações de trabalho, previdenciárias e tributárias; e

V – conferir tratamento diferenciado às microempresas e empresas de pequeno porte

Sua obrigatoriedade esta prevista para 2015 e representará um avanço na sistemática de obrigações acessórias, aguardando tão somente o MO – Manual Operacional, o Manual XML, e o Cronograma Oficial.

Todos os empregadores brasileiros deverão usar esse sistema para enviar informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais relacionadas à contratação de mão de obra com ou sem vínculo empregatício.

Este projeto irá unificar o envio de informações pelo empregador em relação aos seus empregados, que abrange, além da escrituração da folha de pagamento, eventos como a contratação de funcionários, alterações posteriores de cargos, horários, rescisões de contrato, ações trabalhistas e dissídios, Afastamentos Temporários, entre outros, que serão enviados ao governo para um único repositório digital – WebService

O e-Social irá registrar a vida laboral de todos os contribuintes, permitirá ao empregador atuar com maior transparência e segurança jurídica, evitando assim passivos fiscais e trabalhistas desnecessários.

Os serviços dedicados aos trabalhadores serão aprimorados para que estes possam gozar de seus direitos trabalhistas e previdenciários com maior rapidez e plenitude.

Todos os empregadores precisarão se adequar a nova obrigação.

As informações ficarão armazenadas no Ambiente Nacional (Web-Service) do eSocial e será compartilhada com todos os entes envolvidos quer seja (Receita Federal, Previdência Social (INSS), Ministério do Trabalho, Caixa Econômica Federal e Justiça do Trabalho)

Breve Histórico do e-Social

Há tempos estamos ouvindo falar da Folha de Pagamento Digital,  o  qual iria simplificar as obrigações acessórias da área de Recursos Humanos e Departamento Pessoal, tais como RAIS, SEFIP/GFIP, CAGED, DIRF, entre outros.

Este projeto da Folha de Pagamento Digital, há muito tempo vem de estendendo, confundido entre nome de Folha Digital; Sped Folha, o qual finalmente através de um Ato Declaratório foi instituído como e-Social

Substituição Obrigações Acessórias

O e-Social irá unificar em um único ambiente todas as obrigações acessória entregues aos diversos entes Governo Federal pertinente à área de RH/DP de forma gradual a saber:

• Livro Registro Empregados – MTE

• Folha de Pagamento

• Arquivos eletrônicos – entregue a fiscalização (MANAD)

• GFIP (CEF)

• RAIS (MTE)

• CAGED (MTE)

• DIRF (RFB)

• CAT (INSS)

• PPP (INSS)

Objetivo do e-Social

• Simplificação das Obrigações Tributárias

• Prestação de Serviço ao Cidadão Contribuinte

• Sonegação de Impostos

Preparando para o e-Social

Caso a empresa não esteja preparada para o e-Social e com a automatização dos processos errôneos, irá simplesmente transmitir seus erros ao Fisco mais rapidamente e com mais riquezas de provas, sujeito as penas previstas na lei.

O que a empresa deve fazer para se preparar para o e-Social?

Pessoal

  • Investir em capital humano através de treinamento dos setores responsáveis (RH, DP, SESMT, ).

Nossa equipe irá treinar todos os envolvidos no e-social, quer seja Gestores, assistentes, e disponibilizando para o mesmo um Manual prático para o e-Social

Processos funcionais

  • Rotinas atuais (os processos internos devem estar de acordo com as legislações trabalhistas e tributárias);
  • Todas as empresas devem corrigir desde já eventuais descumprimentos à legislação trabalhista e previdenciária;
  • Definição da matriz de responsabilidade – Criar comitê Gestor .

Nossa equipe irá analisar e realizar todo o processo interno da empresa, validando, ou se necessário solicitando os respectivos ajustes para que possa atende a nova demanda do e-Social

Tecnologia da Informação

  • Melhoria ou alteração de plataforma;
  • Qualidade de dados gerados e validação antecipada dos dados;
  • Parametrizações.

Nossa equipe juntamente com a área de TI da empresa irá analisar todos os GAP de sistema, sugerindo soluções e Plano de Ação para cumprimento da demanda da aplicação das Leis. Portanto em cada fase do Projeto, para que a empresa possa ficar mais tranquila tendo certeza que a qualidade das informações trabalhistas e previdenciárias possam fluir com maior velocidade.

  • A gestão de pessoas das empresas será a maior impactada com o projeto, principalmente a área de administração de pessoal, que precisará adaptar sua rotina para atender às exigências do e-Social.

Prazo para Implantação

Através da Circular 657 da Caixa Economica Federal o prazo é o seguinte

Carga Inicial – A empresa terá o prazo de 06 (Seis) meses após a Divulgação do Manual Oficial do e-Social para o envio das tabelas iniciais que irão compor a base de dados do Governo

Testes – A empresa após envio das tabelas iniciais terá o prazo de 06 (Seis) meses para estar realizando testes no envio das mais diversos eventos que compõe a estrutura do e-Social

A divulgação do Manual Oficial segundo informações deve ocorrer ainda neste mês de Dezembro/2014.

Como podemos lhe ajudar

O Trabalho de nossa equipe técnica inicia-se pela Auditoria Trabalhista e Previdenciária, detectando possíveis GAP e orientando os clientes através de Plano de Ação durante todo o Processo de Mapeamento, Saneamento, Implantação e Validação dos processos internos e externos da empresa, com a finalidade de resenhar em conformidade com as necessidades do e-Social.

(Dentre quais destacamos Plano de Cargos & Salários, PCMSO, PPRA, ASO, Processo de Integração, Normas Internas/Conduta, Acordo de Banco de Horas/Compensação, Horas Extras, Adicionais, Processos Jurídicos, entre outros…) E claro, caso a empresa não possua os respectivos processos estruturados nossa equipe ira em conjunto com a empresa elaborar os respectivos programas em conformidade com suas necessidades e de acordo com as Leis em vigor e com e-Social.

Após análise de todo processo nas suas respectivas proporções, analisaremos a Qualificação Cadastral da empresa e dos colaboradores, adequando-a à real necessidade dentro do e-Social.

Analisaremos minuciosamente as Verbas/Rubricas do processo de folha pagamento para que não ocorra haja margem para a empresa vir a ser autuada pela Fiscalização e sua respectiva adequação a realidade do e-Social, efetuando o processo DE X PARA.

Após todo processo de mapeamento e validações, nossa equipe técnica irá efetuar os preparativos e validar todos os eventos contidos no Manual do e-Social, e após este processo em conjunto com Gestor da empresa, simular os testes de transmissões.

Todo o processo poderá ser acompanhando On Line pela empresa, com planos de ação para cada etapa.

Contamos com profissionais com mais de 25 anos de experiências em processos de auditorias, implantações de sistemas.

Destacamos que durante todo o processo a empresa irá acompanhar via nosso Web-Service, inclusive com Check List de toda operação e os Planos de Ação com respectivos prazos para ajustes.

Certificação e Homologação

FINALIZAREMOS A ENTREGA COM CERTIFICADO DE CONCLUSÃO E HOMOLOGAÇÃO DOS TRABALHOS.

O Enfim, nosso trabalho consiste em prestar uma consultoria de qualidade para que o cliente possa realmente ter certeza que sua empresa encontra Preparada para o e-Social.

Cada processo e cada evento estando em conformidade com a Legislação irá receber um certificado de Aprovação e Homologação, mencionando que no momento a empresa atende as especificações presentes na Legislação atual.

Pré-Diagnóstico do e-Social

Para que possamos apresentar a sua empresa uma solução personalizada, elaboramos o Pré-Diagnóstico do e-Social o qual serve de base para Proposta de Serviços.

Nada que aqui for mencionado será externado, servindo exclusivamente de parâmetro, e desde já assumimos o compromisso de sigilo total das informações.

Nossa Equipe de Consultores

Nilton Oliveira Gonçalves

  • nilton1Formação superior em Direito pelas Faculdades Metropolitanas Unidas – UNIFMU – São Paulo;
  • Instrutor de Cursos e Palestrante – Cursos Abertos e in Company;
  • Autor de livros e softwares de consultoria nas áreas trabalhista e previdenciária.
  • Consultor de Empresas, com trabalhos de pesquisa e análise da realidade da empresa nos seu departamento de pagadoria, folha de pagamento e controles internos relacionados ao Departamento de Pessoal.
  • Revisões especiais nos controles e práticas utilizadas na contratação de terceirizados.
  • Habilidade em Gestão de Recursos Humanos, em suas diversas segmentações.
  • Ex-consultor IOB e Auditor Ernst Young Terco.

Hamilton Marin

  • Formação em Administração RH e Contabilidade.hamiton
  • Diretor do Portal HMarin
  • 25 anos de vivência prática na área de Departamento Pessoal e Recursos Humanos.
  • Professor desta matéria há mais de 8 anos.
  • Consultor nas áreas de Recursos Humanos, Folha Pagamento, Administração Pessoal, Faturamento – Estoque – Fiscal – Contábil – Comercial – Informática – Suprimentos, implantação de Sistema, Implantação Sped Contábil e Fiscal, e NF-e, e-Social
  • Leciona nas empresas SENAC, SESCON, CONTMATIC, STILLUS CONSULTORIA, entre outros. Voluntário na ONG Sergio Contente “Idepac.”

Luciana Saldanha

  • Diretora da SDS Treinamento Empresarial.luciana
  • Consultora Jurídica, Auditora e Ministrante de cursos técnicos, palestras e treinamentos na área de Direito do Trabalho e Previdenciário, Departamento Pessoal e Recursos Humanos.
  • Professora, especialista em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho.
  • Especialista no Sistema SEFIP / GPIF.
  • Atuou como Consultora Trabalhista e Previdenciária em empresas de renome, como Informare e Econet.
  • Atuante na área jurídica e no Departamento Pessoal há mais de 14 anos.
  • Membro Assessora da Comissão de Representação à Área Contábil da OAB/SBC
  • Autora de artigos sobre a matéria, possuindo vasta gama de materiais destinados a área do Departamento Pessoal Empresarial, bem como Trabalhista e Previdenciária.

Pré-Diagnóstico do e-Social

Dúivdas? Ligue Agora para 11 4114-2255
E-mail contato@portalhmarin.com.br

Clique Aqui para Iniciar o Pré-Diagnóstico